Ao professor cabe transmitir conhecimentos e estimular o raciocínio lógico e a visão crítica dos estudantes, ajudando-os no desenvolvimento de habilidades para entrar no mercado de trabalho e assumir seu papel de cidadão. Atua em todos os níveis da educação, do ensino infantil ao superior.

Pode lecionar disciplinas específicas nos cursos profissionalizantes, nas classes de alfabetização, de educação especial (para portadores de deficiência) ou para jovens e adultos (antigo supletivo). Pela Lei de Diretrizes e Bases de 1996, todos os professores, de qualquer nível de ensino, devem ter formação superior a partir de 2007. Para lecionar em faculdade, é preciso, ainda, ter pós-graduação.

A formação depende do nível educacional em que se pretende lecionar. Para trabalhar com classes do ensino infantil e de 1ª- a 4ª- séries, é preciso ter o diploma de Pedagogia ou Normal Superior.

Para professores de 5ª- a 8ª- séries e das três séries do ensino médio, exige-se a licenciatura plena na disciplina que vai ser ensinada: matemática, química, biologia, física, história, geografia, português ou inglês (ou ainda outra língua estrangeira, no caso das escolas que oferecem outros idiomas além do inglês). Na licenciatura, afora as matérias específicas da área escolhida, você aprende técnicas e métodos de ensino, como didática e metodologia.

É possível, ainda, fazer um bacharelado e, depois, complementar os estudos com as disciplinas pedagógicas para se licenciar. Para dar aulas em faculdade é preciso fazer pós-graduação (mestrado e doutorado). Algumas escolas oferecem licenciatura específica para lecionar em cursos técnicos de nível médio, como Ciências Agrícolas ou Comércio e Administração.

Duração média: Três anos.