O engenheiro têxtil projeta as instalações, os equipamentos e as linhas de produção de tecelagens e indústrias de confecção de roupas. Controla custos, processos industriais, como estamparia, tingimento, corte e costura, bem como a qualidade da matéria-prima e do produto final.

Coordena o trabalho de operários e técnicos para concretizar os projetos de estilistas e designers. Com conhecimentos de marketing, pode também assessorar e orientar clientes.

O primeiro ano é de matérias básicas das engenharias. Depois você estuda a composição de fios e tecidos, os processos e as máquinas empregadas em fiação, tecelagem, malharia e confecção.

As disciplinas específicas incluem fibras têxteis, texturização, tecelagem, malharia, controle de qualidade e desenvolvimento do produto, além de projetos e instalações industriais têxteis.

Há também matérias ligadas ao gerenciamento de negócios e outras voltadas para o controle da produção, como controle estatístico de qualidade. O estágio é obrigatório. Em algumas escolas também é necessário apresentar um projeto de conclusão de curso. Duração média: cinco anos.