O bacharel em Obstetrícia cuida do atendimento à gestante durante todo o período de pré-natal e parto, visando à normalidade no nascimento e à qualidade da saúde da mulher. Também presta assistência no pós-parto às mães e a recém-nascidos durante o período neonatal – primeiros 28 dias de vida – e dá apoio psicológico à família da gestante.

Atua em postos de saúde, unidades básicas, casas de parto, hospitais, maternidades e clínicas, tanto do setor privado como do público, e está habilitado a realizar parto normal com uma equipe médica ou mesmo sozinho. Também pode atender em domicílio, auxiliando o parto normal.

Durante o pré-natal, é capacitado para realizar os procedimentos necessários para verificar se a gestação está transcorrendo bem, como a medição da circunferência da barriga e o controle da pressão arterial. Também pode pedir exames médicos, como ultrassonografia. Caso sejam constatados problemas com a mãe ou o bebê, o profissional encaminha a paciente para o médico especializado.

A grade curricular é composta de matérias da área de biológicas, como fisiologia, anatomia humana, bioquímica, genética e farmacologia, e outras mais específicas, como assistência à mulher no período reprodutivo, mudanças fisiológicas na gravidez e no parto e desenvolvimento fetal.

Há também matérias voltadas para o aspecto social, como psicologia da mulher, saúde sexual e políticas dos programas de saúde. A partir do segundo ano, o estágio é obrigatório. Duração média: quatro anos.